Aprenda Fazer Sabonete de Erva Doce

Neste vídeo você vai aprender um pouco mais sobre o processo de fabricação de sabonetes artesanais, e como preparar um delicioso sabonete de Erva Doce, com o seu cheirinho extremamente agradável, e suas propriedades terapêuticas, que vai hidratar a sua pele, prevenindo o aparecimento de rugas, além de acalmar e retirar impurezas que causam irritações.
Assista o vídeo, e deixe seus comentários ou dúvidas aqui no Blog ou no próprio vídeo, que terei imenso prazer em responde-lo e ajudá-lo a fazer um grande trabalho com a fabricação de sabonetes glicerinados!













Benefícios da Babosa para Uso Cosmético


Um pouco da história

A Babosa já é utilizada para fins terapêuticos desde a antiguidade. Os antigos egípcios já utilizavam a planta para tratamentos de ferimentos dos soldados, e documentos históricos indicam que a própria rainha Cleópatra já a utilizava em seus rituais de beleza.

Há registros de que o rei do antigo império da Macedônia, Alexandre, o Grande, planejara a ocupação da ilha de Socotorá com o único intuito de se apossar da vasta vegetação com inúmeros pés de babosa, como estratégia militar de obter a fonte do suprimento medicinal para seus soldados.

Desde os tempos antigos as pessoas já começaram a perceber que a seiva ou polpa da Aloe Vera ou Babosa servia de alívio para problemas graves de pele como a hanseníase e principalmente queimaduras. Neste mesmo tempo, perceberam que seus benefícios também eram visíveis na pele sarada e a planta começou a ser utilizada para fins cosméticos.

Benefícios para a pele

Estudos realizados em laboratórios modernos identificaram as diversas substâncias que a babosa tem e que proporcionam uma série de benefícios para o corpo humano. Sendo os principais componentes a aloína, aloeferon, aloetina e barbalodina, os quais conferem as propriedades medicinais da planta, aliados à substâncias como glicose, galactose, tanino, esteroides, substâncias antibióticas, vitaminas, minerais, Sulfato, Ferro, Cálcio, Cobre, Sódio, Potássio, Manganês, entre outras.

Reidratante natural – através da ação conjunta do Sódio e do Potássio, e pela ação de duas substâncias como as ligninas e polissacarídeos, a babosa penetra profundamente na pele, proporcionando uma hidratação poderosa, restaurando os tecidos e prevenindo o ressecamento e o envelhecimento precoce das células.

Ação contra rugas, manchas da pele e Acne – pela ação de suas enzimas cicatrizantes, e da Vitamina C, promove a regeneração celular, aliada à presença de um hormônio em sua composição, que juntamente com o Cálcio, acelera o crescimento das células, daí sua excelente eficácia contra queimaduras e na redução da aparência de rugas e machas da pele. Toda esta ação celular, somada às substâncias antibióticas e certos esteroides que agem como anti-inflamatórios naturais, faz da Aloe Vera um excelente tratamento contra a acne e irritações da pele.

Benefícios para os Cabelos

Todos os benefícios que a babosa representa para a pele, também é oferecido aos cabelos. A Babosa é composta de 96% de água e 4% de moléculas de carboidratos carregadas de substâncias nutritivas e hidratantes, e é por causa desta água, que estes nutrientes conseguem penetrar nos fios, restaurando-os profundamente. 

A mistura destas substâncias presentes no gel da folha da Babosa, agem diretamente nos cabelos e no couro cabeludo,  fortalecendo o bulbo capilar e os fios, restaurando-lhes o vigor. Isso explica o uso da Aloe Vera como um dos principais ingredientes  utilizados pelas indústrias cosméticas para o tratamento capilar.

Como utilizar a Babosa

Como estamos tratando aqui do uso externo da babosa, sua principal aplicação é na forma in-natura, ou seja, da forma como é colhida, lavando bem suas folhas, extraindo os espinhos e cortando-a ao meio, no sentido do comprimento, e aplicando-a na parte afetada. 

No caso de queimaduras e acne, pode-se extrair o gel da babosa, retirando uma fina camada da casca e raspando o gel transparente com uma colher, aplicando em seguida na área afetada.
Quando você for colher a babosa, prefira as folhas de baixo que são mais “velhas”, porque as maiores concentrações de substâncias medicinais encontram-se nas plantas com mais de 3 anos.

Receita Antirrugas:

De uma maneira bem simples: após o banho e com a pele seca, corte um pedaço da parte grossa da folha da babosa, retire os espinhos, corte no meio no sentido do comprimento, e passe sobre o rosto. Pode passar sobre a área dos olhos, mas com cuidado, porque ela arde muito em contato com os olhos. Deixe secar e pode dormir, lavando o rosto pela manhã.

Em poucos dias você vai perceber que sua pele ficará mais lisa, sem aquela aparência de pele cansada, pois ela age fechando os poros e regenerando a pele.

Uma ou duas vezes na semana, você pode intensificar a ação da babosa, fazendo uma leve esfoliação da pele antes de aplica-la. Isso pode ser feito com açúcar refinado e mel, ou (melhor ainda) com uma máscara de argila, que também pode ser feita de forma prática embaixo do chuveiro, umedecendo um pouco de argila e passando no rosto com movimentos circulares leves, deixe agir por alguns minutinhos enquanto você termina o banho e depois enxague, com o rosto seco, passe a folha da babosa, cortada ao meio no sentido do comprimento e enxague no dia seguinte.

Isso vai acelerar o processo de redução das manchas da pele, e também na atenuação das rugas, pois as células mortas serão removidas, deixando o caminho livre para a ação regeneradora da babosa.

Faça uso da babosa todos os dias, potencializando com as esfoliações semanais e daqui a duas semanas, volte aqui para contar para nós os fantásticos resultados que você encontrou!

Para os cabelos, eu gosto de espremer bem a folha da Babosa e aplicar nos cabelos começando pela raiz, costumo fazer antes do banho, deixando agir por uns vinte minutos antes de lavar, mas o ideal é aplicar com o couro cabeludo limpo, e esfoliado (penteando com uma escova fina antes do banho), dá um pouco mais de trabalho, porque é importante secar antes de aplica-la e geralmente é preciso enxaguar depois, mas favorece ainda mais a absorção dos nutrientes da babosa na raiz do cabelo, consequentemente, potencializando o seu efeito na nutrição e fortalecimento dos fios.



Veja também:   Uso Cosmético da Argila




Aprenda a fazer sabonete de argila


Quem ainda não conhece os benefícios que a argila traz à saúde da nossa pele, precisa ler este post: Uso Cosmético da Argila


Preparamos um vídeo, onde vamos ensinar a fazer um sabonete de Argila Verde que vai ajudar você a cuidar da sua pele de uma forma prática e natural!
Tenho certeza que você vai se apaixonar, tanto pelo uso, quanto pela fabricação, que é muito simples e prazerosa. 
Sem contar que ainda pode te proporcionar uma renda extra, pois quando você começar a usar este sabonete e sentir a sua pele lisinha e macia, todo o mundo vai querer experimentar!





Veja também:

Uso Cosmético da Argila


Desde a antiguidade já se utilizava a argila como elemento curativo, e esse seu valor terapêutico se dá devido aos minerais que a compõem, derivados de compostos de Oxigênio, Silício, Alumínio, Ferro, Cálcio, Sódio, Potássio, Magnésio, Hidrogênio, Titânio, Cloro, Fósforo, Carbono, Magnésio e Enxofre.

Dentre estes minerais, o mais abundante na argila é o Caulim e a Bentonita, formados a partir do Silício e do Alumínio.  A Bentonita possui uma propriedade interessante que é a adsorção, ou seja, aquilo que ela absorve, ela não solta mais, com isso, ela capta as moléculas de toxinas e impurezas, sejam elas líquidas ou gasosas, e as retém em suas  camadas, numa espécie teia elástica, isso faz com que as argilas sejam utilizadas até como desintoxicantes por via oral e no tratamento de úlceras. Vale lembrar que as argilas devem ser livres de bactérias e metais pesados, por isso a importância de utilizar produtos comercializados em casas de produtos naturais, para o uso medicinal.

Existem vários tipos de argila, diferenciados de acordo com sua composição mineral, que reflete na sua cor:

AMARELA: Rica em Silício, age estimulando a produção do colágeno, proporcionando maior elasticidade à pele, reduzindo a aparência de rugas. Indicada para peles maduras e secas.

BRANCA: Rica em Alumínio, é proveniente das alterações sofridas pelas rochas quando lavadas pelas águas das chuvas. Clareia a pele, retira a oleosidade, reduz sinais de expressão. É indicada para peles sensíveis.

CINZA: Muito utilizada na medicina natural como anti-inflamatória, sob a pele possui uma ação desintoxicante, secativa de cravos e espinhas, antioxidante, retardando o envelhecimento da pele.

MARROM: possui baixo percentual de ferro e elevado teor de Silício, Alumínio e Titânio, possui ação desintoxicante e rejuvenescedora para a pele. Controla a oleosidade, sendo eficaz no tratamento de cravos e espinhas.

PRETA: também conhecida como lama vulcânica, é retirada de grandes profundidades. Rica em Silício, Alumínio e Oxigênio, desintoxica a pele, e é ótima para tratamento da flacidez. Favorece a renovação celular reduzindo a aparência de rugas.

VERDE: sua coloração deve-se à presença de Óxido de Ferro, possui grande poder de adsorção, promovendo uma limpeza profunda da pele, removendo toxinas e impurezas. É antisséptica, bactericida, analgésica e cicatrizante, indicada para as peles oleosas e acneicas. Possui várias funções de tratamento, e pode ser aplicada no rosto, corpo e couro cabeludo.

VERMELHA: rica em Óxido de Ferro e Cobre, auxilia na respiração das células, prevenindo o envelhecimento da pele. Estimula a produção de colágeno, reduzindo rugas e linhas de expressão. Retira o excesso de oleosidade e outras impurezas da pele, deixando-a macia e aveludada. Além de ser aplicada no rosto, também pode ser aplicada no corpo todo, pois trata os tecidos flácidos e é bem eficaz na eliminação do estresse.


Como nós vimos, independente das características particulares de cada tipo de argila, no geral todas são excelentes para fazer uma esfoliação na pele, ativar a circulação sanguínea e promover a renovação celular, e tudo isso de uma forma muito barata!

No uso cosmético, a mais utilizada é a argila verde, por seu alto poder de adsorção, que é a capacidade de retirar e reter as toxinas da pele, limpando em profundidade e favorecendo a respiração, irrigação e renovação celular.  Sua aplicação pode ser em todo o corpo, inclusive couro cabeludo, retirando juntamente com as impurezas, o excesso de oleosidade.

A melhor forma de utiliza-la é em mascaras obtidas com a simples diluição da argila em água filtrada, e aplicada no rosto ou em todo o corpo. O tempo de ação da máscara é rápida, cerca de 15 a 20 minutos. No enxague, a esfoliação acontece naturalmente, a pele pode ficar um pouco vermelha após a retirada da máscara, é normal, desaparece em poucos minutos, essa irrigação extra também ajuda na renovação dos tecidos, nutrindo-os e estimulando a produção do colágeno.


Veja também:
Aprenda-fazer-sabonete-de-argila.html

Aprenda a Fazer Sabonetes de Forma Profissional



Sabonetes Artesanais - Guia de Fabricação I


Conheça o Guia completo de fabricação de sabonetes artesanais. 

Neste Guia, você vai encontrar informações preciosas para aprender a fazer sabonetes de qualidade, ou aprimorar as técnicas que você já conhece.

Aqui você vai aprender sobre:

- Tipos de utensílios que podem ser utilizados; 
- Como comprar produtos de qualidade (conhecendo a base glicerinada e as essências); 
- Tabela de dosagem de Extratos Glicólicos, óleos e manteigas (a partir daqui você terá condições de fazer qualquer sabonete que você quiser, de maneira correta); 
- Passo a passo da prática de fabricação;
- Informações sobre a Legislação para a produção artesanal;
- Instruções e modelos de etiquetas;
- Formulações de sabonetes para tratamento da pele;

e muitas outras informações de forma objetiva e simples, que vão fazer total diferença para você obter um produto de qualidade que vai encantar seus clientes e amigos.


                                                               Adquira já o Seu!


         "Sao dicas que aprendi ao longo de quatorze anos 
de experiência com a fabricação de sabonetes, e já
fizeram diferença na vida de muitos artesãos, e 
agora pode fazer na sua também!"
                                     Luciane A. R. Pereira

De volta às coisas simples

12/10/16

Depois  de conhecer a complexidade das ciências, explorar a natureza e transformar todos os recursos possíveis, estamos nos dando conta de que aquilo que realmente precisamos encontra-se logo ali, em sua forma pura, exatamente como Deus criou. 

Cada vez mais estamos buscando situações que nos remeta ao início de tudo, ao lado simples da vida, àquilo que é orgânico, natural, pois somos parte desta natureza, e acabamos sucumbindo isso em nossa forma apressada de viver, achando que precisamos de tantas coisas, quando na verdade só precisamos apreciar cada uma de nossas conquistas e ser feliz, pois a felicidade está muito mais relacionada àquilo a que somos gratos, do que àquilo que possuímos.



Esta imagem diz muito sobre isso: Observando toda esta riqueza, dá para perceber claramente que tempo é vida, e se queremos mais vida, ela só pode estar ali, onde o tempo passa bem mais devagar!

E, se já não podemos estar lá junto à toda essa natureza, que ao menos deixemos ela vir até nós, permitindo-nos conhecer, escolher e experimentar de suas riquezas, afinal tudo melhora quando escolhemos viver o melhor.